segunda-feira, junho 16, 2008

Um novo começo


Há momentos na vida em que temos que tomar decisões muito difíceis. Eu demorei a descobrir o que eu queria fazer profissionalmente. Até que um dia as coisas pareceram muito claras para mim. Só que aí era preciso tomar uma decisão: abrir mão de tudo o que eu tinha conquistado para começar do zero a construir o meu sonho. Foram noites sem dormir, andando pela casa de madrugada. Noites de choro, dias de extremo mal humor. Depressão, desânimo. Mil sentimentos rondando a minha mente. O conflito constante de saber que eu tinha um emprego, um salário, benefícios e saber que muita gente gostaria de estar no meu lugar. Mas nada disso me trazia satisfação pessoal. Enfim, decisão tomada! Fiz igual ao soldado 02, de Tropa de Elite: pedi para sair! E foi uma das melhores escolhas que já fiz na minha vida. Sou outra pessoa! Como sempre a ajuda de Maridovisk foi fundamental para que tudo isso acontecesse. Sua força, seu companheirismo inigualável, sua demonstração de que se tudo der errado eu vou ter um ombro onde chorar, onde me apoiar. Obrigada por tudo, meu querido! E também posso me sentir uma pessoa abençoada, pois nos momentos mais difíceis Deus colocou seus anjos terrenos no meu caminho. Pessoas que me ajudaram e brigaram por mim como se estivessem brigando por elas próprias. Como é bom nos sentirmos queridos. É algo que não tem preço. Parece que o universo conspirou a meu favor e as coisas foram se encaixando devagarzinho. Isso só me faz ter ainda mais certeza de que é a hora certa de tentar. Afinal, a vida passa voando e acho que eu nunca me perdoaria se chegasse lá na frente sem ao menos ter tentado. Sei que não vai ser fácil, nenhum começo é fácil, mas garra é o que não me falta.

Um comentário:

Brandão disse...

Oi mô !!!
Eu me lembro quando há uns anos atrás vc pensava e fazer a faculdade de direito e me lembro que te perguntei : mas o que vc gostaria mesmo de fazer ??? lembra ?? ...E vc respondeu que era moda. Eu sabia que podia demorar um pouco,mas sabia também que vc iria mudar e tentar fazer aquilo que gosta, era só uma questão de tempo e coragem. Acredito que o primeiro Ateliê foi o estopim para tudo tomar forma na sua cabeça. Vc experimentou o prazer de fazer o que vc gosta e criar suas proprias peças e ve-las nas pessoas, dai em diante foi só o tempo de amadurecer a idéia e perder o medo !! Como sempre desejo a vc muito sucesso, realização pessoal e profissional na sua nova empreitada e não tenho dúvida que vc vai chegar onde deseja!!!Conte sempre comigo, estamos apenas começando !!!
Beijos e boa sorte !!

;